Água

Água

Melhorando o acesso a um recurso crítico

O acesso limitado à água é um dos maiores problemas nas áreas onde a Better Globe Forestry Ltd. (BGF) opera. A escassez de água leva a problemas práticos com o plantio de árvores, além de dificuldades relacionadas à saúde, higiene, alimentação e escolaridade.

A BGF optou por plantar árvores em áreas áridas e semi-áridas para criar os impactos sociais e ambientais mais substanciais. Muitas dessas áreas áridas estão se transformando em desertos devido ao desmatamento e à pouca precipitação. A desertificação está gradualmente transformando terras férteis e regiões semi-áridas em regiões áridas.

A valiosa camada superficial do solo está sendo corroída porque não há raízes e plantas para manter o solo no lugar durante as chuvas fortes. Durante as duas estações chuvosas, as fortes chuvas em terra seca acabam escoando o solo. É por isso que a BGF planta árvores resistentes à seca, benéficas e nativas desse ambiente.

Após o primeiro ano de crescimento, as árvores Mukau no Quênia conseguem sobreviver mais ou menos sozinhas. As árvores oferecem benefícios como a ligação da água ao solo, reduzindo a erosão do solo e melhorando a fertilidade do solo por meio da fixação de nitrogênio.

Árvores de acácia também foram plantadas no Quênia, embora Mukau agora seja a principal espécie lá. As árvores de Acacia senegal são particularmente resistentes a períodos de seca e podem sobreviver até 18 meses sem água.

Árvores mukau podem ajudar a BGF e os agricultores parceiros a restaurarem terras degradadas
Árvores mukau podem ajudar a BGF e os agricultores parceiros a restaurarem terras degradadas

Conforme as árvores crescem, elas sombreiam o solo ao redor, o que ajuda a estimular a vegetação circundante. O processo natural faz uma grande diferença em manter o solo no lugar, capturar o orvalho à noite e reter a água quando chove. É o início de um ciclo de transformação crucial para prevenir a desertificação.

Agricultores contratados e agricultura regenerativa

A BGF emprega Agentes Agroflorestais que treinam grupos de agricultores em técnicas de restauração de terras e manejo de solo e água. A melhoria do acesso à água inclui treinamento para instalação de estruturas como terraços e valas de retenção. Essas estruturas retêm a água da chuva, proporcionando, portanto, tempo adequado para que a água se infiltre no subsolo e forneça umidade suficiente para o crescimento adequado das plantações de alimentos e das árvores.

Com maior acesso à água, os agricultores melhoraram a produção agrícola devido à redução da erosão e ao aumento da infiltração e retenção de água no solo, garantindo assim que as lavouras recebam água e suprimento mineral contínuos por períodos mais prolongados.

A BGF se prepara para a estação das chuvas no Quênia, estabelecendo centros temporários de distribuição de mudas. Dessa forma, os agricultores contratados que moram longe do viveiro principal não são obrigados a fazer longas viagens para coletar suas mudas. Em vez disso, eles podem visitar centros temporários de distribuição de mudas estabelecidos em colaboração com escolas e dirigentes locais. Em troca da disponibilização do espaço, as escolas e dirigentes têm acesso a caixas d’água para regar as mudas das árvores. Para as comunidades locais, isso significa acesso a água extra no final da estação seca, o que é sempre um alívio bem-vindo.

Fornecimento de acesso à água

A maioria das pessoas que moram nas proximidades de onde a BGF opera não tem acesso a água potável. Eles podem ter que caminhar por muitas horas todos os dias para buscar água. Frequentemente, são mulheres e crianças que ficam com essa tarefa.

Um poço de água no leito de um rio seco
Um poço de água no leito de um rio seco

Algumas pessoas têm acesso a “quiosques de água”, onde fazem fila para comprar água da torneira. Outros podem procurar leitos de rios onde cavam buracos para chegar ao lençol freático, que geralmente está sujo e contaminado. Nos casos em que as crianças precisam ajudar a trazer água para suas famílias, é provável que isso as impeça de ir à escola.

A fila em um quiosque de água onde as famílias obtêm água potável a baixo custo
A fila em um quiosque de água onde as famílias obtêm água potável a baixo custo

A BGF reforma escolas, em cooperação com a Child Africa, perto de suas plantações de árvores no Quênia. Eles fornecem às construções existentes calhas e grandes tanques de água que se enchem durante as estações chuvosas. E de vez em quando, durante períodos prolongados de seca, a BGF também pode usar um caminhão para entregar água limpa para encher os tanques de água das escolas.

De acordo com o diretor de uma escola em Sosoma, apoiado por meio do pacote de doação em colaboração com a Child Africa, a simples atualização resultou em duas vezes mais frequência do que antes da instalação dos tanques de água. É mais fácil para os pais mandar seus filhos para a escola se a escola lhes fornecer água potável durante as horas mais quentes do dia.

Tanques de água e calhas financiados pela Better Globe em uma escola em Mboti, Quênia
Tanques de água e calhas financiados pela Better Globe em uma escola em Mboti, Quênia

Quando a BGF fornece água para as plantações de árvores, também garante que as comunidades do entorno tenham acesso a esse abastecimento. Em muitos casos, o auxílio pode ser cisternas de água e sarjetas. Em outros casos, poços perfurados. Podemos ajudar a fornecer essa assistência, graças às contribuições da venda de pacotes de doação.

Poupe parte do seu dinheiro em árvores e ajude a reduzir a pobreza

Nós o convidamos a fazer a diferença na África Oriental e contribuir para um mundo melhor. Suas árvores serão manejadas de maneira ética, sustentável e de longo prazo. Clique no link para nossa loja e faça uma compra socialmente responsável hoje. Conosco, é lucrativo ajudar os outros..

Faça o bem, contribua para um mundo melhor e ganhe dinheiro!